complexogel

O COMPLEXOGEL é um blog que integra o emocional, o mental, o intelectual e todas as formas do conhecimento, numa verdadeira salada de idéias

sexta-feira, fevereiro 03, 2006

SINGULARIDADE DE UMA MULHER

Diga que me ama muitas vezes, de todas as maneiras. Não me acostumo mal, prometo. Me acostumo sempre bem.

Meus ouvidos não gastam e minha pele fica mais sedosa.

Diga que me ama e meus cabelos ficam mais brilhantes, eu rebolo mais bonito, rio com os olhos, sinto um formigueiro bom no estômago e uma geléia nas pernas.

Diga que me ama e eu ando melhor de bicicleta, desenho melhor e canto desafinando muito menos.

Diga que me ama e eu brinco com o cachorro, tenho paciência no engarrafamento, me alimento direitinho e até como salada.

Diga que me ama e meus olhos ficam quase verdes, minhas pernas ficam leves e todo mundo acha que eu tenho 5 centímetros mais.

Diga que me ama e meu sono melhora, meu banho é mais demorado, eu ligo menos para as olheiras e caminho sem tropeçar pela calçada.

Diga que me ama e eu não esqueço as chaves dentro do carro, ando de vidros abertos, ouço música alta dançando como uma louca e não me importo se riem de mim no sinal.

Diga que me ama e eu trabalho dobrado, arrumo as gavetas, limpo a geladeira e ponho flores nos vasos.

Diga que me ama e eu capricho no perfume, uso batom vermelho, ponho brincos maiores e compro um vestido estampado.

Diga que me ama e tenho vontade de ir à praia, ando de pés descalços, nunca mais choro escondida no banheiro e imito seu jeito de falar.

Diga que me ama e eu escuto Sinatra, escancaro as janelas e suspiro na fila do banco.

Diga que me ama muitas vezes, de todas as maneiras. Não me acostumo mal, prometo. Me acostumo sempre bem. E sempre lhe darei o céu meu amor.