complexogel

O COMPLEXOGEL é um blog que integra o emocional, o mental, o intelectual e todas as formas do conhecimento, numa verdadeira salada de idéias

terça-feira, março 21, 2006

ABANDONO

Deixar-se de sua amada, machuca antes de acontecer. Quando a gente percebe a outra pessoa se distanciando, deixando a gente só e sem saber o que fazer com o restante de nosso amor, que salta do peito para o vazio.

Sempre sabemos quando o outro está partindo de nós, mesmo sem ter dito adeus. Alguns vão embora sem se ausentar. Outros ficam juntos, mas não estão por perto. Estão ao lado, mas não presente. É isso que dói, porque pessoas são para viver, para compartilhar, ou não tem sentido mantê-las junto de nós.

O outro começa a partir ( e apenas o nosso olhar amoroso continua a mantê-lo conosco ) quando não se importa, é distraído e desatento. Quando a gente fala e o outro não escuta. Quando a gente escreve e o outro não lê. Quando recebe, mas não troca. Quando não recebe o que se dá. Quando não nos aceita, embora não rejeite. Quando não entende o que se diz, quando já não quer saber o que se tem a dizer. Quando só reprova, critica e desfaz. Quando e não sabe a razão de estar ali. Quando se fala de amor e o outro, do tempo. Quando nos ignora no que sentimos e vivemos. Quando não tem nada a dizer, apenas fala. E pergunta por perguntar, porque o silêncio fala o que falta coragem de dizer.



Quando percebe apenas detalhes e esquece do melhor que há. Quando se fala de amor e o outro ironiza. Quando toca uma canção e o outro não sintoniza o coração nos versos. Quando se mostra um autor do qual se gosta, por achar que tem a ver com a história dos dois, e o outro inverte o rumo e encontra um defeito. Quando a uma frase de estímulo acrescenta um “mas” e assim retira o que disse de bom. Quando não liga mais nem se importa em ligar. Quando a gente liga para dizer “te amo” e outro muda de assunto, fala de uma coisa qualquer, porque não ouviu ou por não querer registrar.

Quando quer saber algo e a gente conta, mas o outro não entende, pois isso exige mais carinho do que curiosidade. Quando nos deixa falando sozinho, porque não está mais nos ouvindo há tempos. Quando a gente percebe isso, faz a leitura solitária do que viveu até ali, sabendo que o outro não está lendo a mesma história. É como comentar um filme que o outro não assistiu, um livro que ao outro não leu.

Quando tudo está aquém do amor, se sabe o que é distância. Até para brigar precisa de amor, da presença do outro e da vontade de consertar as rachaduras da convivência. Muitos escolhem não saber, mais a verdade é bem melhor, mesmo que ela arda nas entranhas e machuque o coração. Porque muito pior que o abandono é ficar refém de uma história de amor que já acabou.

23 Comments:

  • At 8:00 AM, março 22, 2006, Anonymous sinais de fogo said…

    Tenho os pés presos no chão
    Crucificado nesta esfera
    Se alguém me para numa esquina
    É só prá saber de minhas terras.
    Tente seguir comigo um destino
    Sem dinheiro e sem rumo
    Se tenho carro, religião ou futuro.
    Traga-me no seu corpo
    Me ajude a dividir o mundo
    Dê-me sua mão, dê-me sua força
    Venha para lutarmos juntos.
    Atrás de todas as estrelas
    Existe um ideal perdido
    Um Cristo morto, renascido,
    Condenado e absolvido.

    Com meu terno espacial
    Fujo dos males radioativos.
    Venha conversar comigo todo o tempo
    Antes que alguém se lembre
    Que eu já nasci morrendo.
    Traga-me no seu corpo
    Me ajude a dividir o mundo
    Dê-me sua mão, dê-me sua força
    Venha para lutarmos juntos
    Até que um dia
    Meu corpo frio seja tudo.

    (by: Carlos Pinto)

     
  • At 9:26 AM, março 22, 2006, Anonymous Anônimo said…

    pois é... refens do passado... isso é que não dá!

    te beijo

    Ne

     
  • At 5:14 PM, março 22, 2006, Blogger Saramar said…

    Terragel, boa tarde.
    Você colocou em palavras todos os meus sentimentos. Já soube o que é isso tudo. Agora, meu coração está tranquilo.
    O texto é perfeito, apesar de ser tão triste.

    Beijos

     
  • At 7:24 PM, março 22, 2006, Anonymous Franciele said…

    Oi T.Gel tudo beleza? O pior que suas palavras são verdadeiras, já passei muitas vezes por esta situação e sei o qto é triste nos doarmos e não recebermos mais o amor... O qto é triste ficarmos presos a um amor que já rachou e não tem mais conserto por parte do outro. Uiiii não quero lembrar essas histórias tristes , mas que é verdade é.
    Vc é tão sensível a esse tipo de coisa, até parece que já passou por todas essas situações. Quer se abrir????As vezes faz bem ok? Bjuuuusss

     
  • At 7:27 PM, março 22, 2006, Anonymous Paspa said…

    Eu fui refém de uma história do passado. Sei bem o que eh tudo isso!
    Na minha cabeça e no meu coração, ainda tinha um pedaçinho de esperança...
    Engano meu...Jah havia mesmo terminado, eu tinha sido "abandonada".
    Agora eu sou livre!

    Bjos
    =D
    ps: brigada pelo coment.

     
  • At 7:47 PM, março 22, 2006, Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said…

    Terragel será bem vindo a Lisboa. Nessa altura diga qualquer coisa.

    Gostei deste seu post. Estou a subscrever: não há nada pior do que se ficar refém de um amor que já não existe.

     
  • At 12:01 AM, março 23, 2006, Blogger Claudia Perotti said…

    Como sempre teus posts são excelentes!

    Nem acredito que vou conhecê-lo!!! Uebaaaaaaaaa! Vou esperar vc no Vernissage!

    Beijinhosssssss

     
  • At 2:31 PM, março 23, 2006, Anonymous Afrodite® said…

    Olá Terragel...
    Li seu comentário e ... Gostaria de saber melhor teu sonho... rsrs
    Apareça sempre que quiser/puder...

    http://www.tokdeseducao.blogger.com.br/
    http://labellmidis.com.br/blog/

    Carinhosamente,

     
  • At 5:27 PM, março 23, 2006, Anonymous Seda said…

    Olá Terragel...uau como é bom te ler...concordo com tuas palavras ...praticamente devorei seu post...você simplesmente disse tudo o que acontece quando a pessoa se afasta ...fica um vazio dentro do peito que nada substitui...ameiiii parabens ..´voltarei mais vezes ...um bjo e obrigado pelos seus comentarios ...SEDA

     
  • At 8:09 PM, março 23, 2006, Blogger Betty Branco Martins said…

    Querido Terragel

    Quando o amor acaba - o melhor é partir - ou deixar partir.

    Porque se "alguém" ficar a dor é maior!

    Beijinhos

     
  • At 11:15 PM, março 23, 2006, Anonymous Anônimo said…

    Bom... as vezes um abandono é legal, por que o fregues levanta,s acode a poeira e da a volta por cima e arruma uma historia melhor, mais merecedora do seu tempo. Mas de maneira geral, o abandono é o que mais dói. Tanto que voce esta cahmando de abandono, quew da uma sensação de precariedade e não de uma separação, uma libertação, uma conclusão ou outro nome. É abandono!!! Sente o peso. Mas passa e se fica leve outra vez. Quanto ao seu oferecimento, estou esperando a resposta de uma que deu aviso previo. Se nao rolar, te aviso. Ja estou fazendo a minha parte com o filho da ex-empregada, sempre ajudei bastante. Agora, ficar com a senhora que nao escreve, nao cozinha e ganha para ser cozinheira é fogo! Cam ,blogdacam.zip.net

     
  • At 8:57 AM, março 24, 2006, Anonymous Lidiane said…

    Ontem à noite eu não tava legal e venho aqui e leio seu texto sobre abandono, será q vc ler meus pensamentos? Seus post´s sempre caem como uma luva pra mim é por isso q sempre estou aqui, já vc achei q tinha me abandonado..rs!
    Ah! seu signo é leão? o meu é capricornio..rs! Beijos.

     
  • At 5:27 PM, março 24, 2006, Anonymous Lidiane said…

    Bom final de semana pra vc tbm..Beijos!

     
  • At 12:23 AM, março 25, 2006, Anonymous DFlag said…

    Olá, cheguei aqui pelo blog da Afrodite e gostei demais do que escreve. Me parece uma pessoa sensível demais. Pq isso só existe na internet??? Ou será que só me deparo com machos sem sentimentos?
    Bom, foi bom te ler. Muito mesmo.
    Voltarei sempre
    Beijo carinhoso

     
  • At 12:25 AM, março 25, 2006, Anonymous Dalila Flag said…

    Devia ter sido escrito Dalila Flag, mas errei. Hj nada está dando certo...

     
  • At 7:32 AM, março 25, 2006, Blogger Visible Silence said…

    Querido amigo,
    A tua escrita continua tão real... tão tocante...
    Pior do que estar sozinho... é sentir a solidão num mundo feito para dois...

    Passa no meu cantinho... tenho saudades das tuas palavras carinhosas...
    além disso... deixei-te lá um desafio que espero que aceites... para um pouco mais sobre ti saber..

    Beijinhos e bom fim-de-semana

     
  • At 10:25 AM, março 25, 2006, Blogger Musician said…

    E a quem o dizes!! :(
    Bem verdade, vi-me nas tuas palavras!
    Um beijinho*

     
  • At 12:51 PM, março 25, 2006, Blogger Dulcineia said…

    Muito obrigada por sua visita.saudações

     
  • At 2:46 PM, março 25, 2006, Blogger Porquê? said…

    Querido Terragel,
    jamais te abandonarei tão somente porque adoro a tua escrita!
    Esta, particularmente, poderia ter sido escrita por mim...foi exactamente assim que me senti durante 18 meses...ficando "refém de uma história de amor que já havia terminado". E isso arrasou comigo! Sofri mais nesse período do que agora que a ausência é real!
    Porém tenho esperança e vontade de viver um novo amor. É por isso que estou lutando neste momento....
    Obrigada pelas tuas palavras sempre tão carinhosas e amigas!
    Um grande beijo!

     
  • At 3:54 PM, março 25, 2006, Blogger Su said…

    muita verdade neste teu belo texto
    adorei ler e reler...

    jocas maradas

     
  • At 11:09 AM, março 26, 2006, Anonymous Karol said…

    É Gel, mais uma vez vc tocou nas feridas de muita gente, pq escreve com palavras e exemplos simples sobre os sentimentos e a convivencia entre humanos. Parabéns, com seu texto fica mais facil ajudar e ser ajudado...
    Bjos, boa semana =)

     
  • At 11:44 AM, março 26, 2006, Anonymous CIÇA said…

    Olá:
    Apareci para retribuir a visita e agradecer os elogios, voltarei mais vezes e nosso time é tudooooo...
    Obrigada pelo Carinho.
    Mas você não detalha um pouco sobre você, não tem foto sua, nada, para que todos possam conhecer com quem estão falando seria uma boa, essa é minha opinião ok?
    Beijos no Coração e seja sempre muito bem-vindo, apareça ao meu outro Blog também...
    CIÇA
    http://anjoasamorenaespiritismo.zip.net

     
  • At 12:24 PM, março 26, 2006, Anonymous Crys said…

    Acho que todo mundo, que um dia amou ou ama, acaba ficando refém de uma história de amor, o importante é saber lidar com isso pra não se tornar uma pessoa solitária e não se dá a chance de novas conquistas. Belo texto amigo. Beijos e um bom domingo pra vc!

     

Postar um comentário

<< Home